Beauty.com – Um ver mais de perto

Como uma plataforma que celebra a identidade, a auto-frase e a criatividade, o Beauty.com tem uma ampla gama de temas que variam de alterações corporais extremas a mulheres maternas que derramam mamilos a um codificador criativo alegando que já estamos vivendo em um videogame. Nesta peça, examinaremos mais de perto alguns dos postagens publicados no blog.

A arte é uma representação de vindo pra ser

A explicação enumerativa talvez seja mais propensa a esclarecer uma pilha caótica de obras de arte e artes, dado que captura toda a tua unidade. De fato, um famoso esteticista contou uma vez o conceito de arte como uma “idéia inchada e pesada”.

No entanto e se uma maneira de arte não retratar nenhum entendimento? Neste caso, o artista sinaliza o espectador, fazendo -os crer que o discernimento do instrumento é encontrado no utensílio.

É uma perspectiva de felicidade

“A graça é uma probabilidade de felicidade”, escreveu Stendhal em 1822. Apesar de que seja frequentemente atribuído a Edmund Burke, a citação foi realmente escrita por Stendhal. Este ditado é freqüentemente citado na biografia Stendhal só uma promessa de felicidade (2008). Esse texto foi adaptado da busca da Wikipedia e Jahsonic.

Nehamas descobre a origem da lindeza em nossas relações amorosas com o universo. Essa visão torna a graça central pro significado da existência e o que mais importa na vida. A formosura revela e inspira o carinho, que por tua vez inspira o carinho.

É uma revelação da glória de Deus

Pela vida cristã, a …

A filosofia da beldade

A descrição de lindeza difere de acordo com diferentes filósofos. A descrição de Berkeley está enraizada no prazer e na intelecção, e requer atividade prática, discernimento de emprego e avaliação de adequação. Em algumas expressões, a boniteza não é simplesmente uma particularidade estética; É um conceito filosófico, social e psicológico.

Visões incompatíveis de boniteza

O pretexto filosófico mais comum pra vida de beldade é que é uma qualidade direta. Não obstante, existem novas visões de graça. Por exemplo, algumas pessoas acreditam que a beldade é um começo e que poderá ser observada por meio de instrumentos científicos. Outra visão sustenta que a lindeza é uma experiência subjetiva que é instituída pelas experiências pessoais de uma pessoa.

Estas visões normalmente conflitam, e as espetaculares maneira de resolvê -las é discernir e discernir as diferenças entre elas. Novas pessoas descobrem boniteza no mato, enquanto novas acham os ecossistemas naturais desagradáveis ​​e desagradáveis. Essa polaridade é especificamente pronunciada em ambientes urbanos. A mentalidade de jardim de rosas urbana se opõe diretamente ao valor intrínseco da natureza.

A geração de graça de Kant como prazer desinteressado

A concepção de formosura de Kant como alegria desinterada é controversa. Alguns inimigos argumentam que o entusiasmo na formosa pode ser independente do desejo. Outros comprovam que isso pode fornecer desejo. Essa discernimento é essencial. Todavia não é sempre que está claro qual visão está correta. Por aqui estão alguns pontos a serem considerados.

A concepção de beldade de Kant como prazer desinterstado tem algum apelo. Por um …

Graça e estética

Os tratamentos antigos de boniteza geralmente prestam homenagem aos prazeres da lindeza, explicando -os em termos extáticos. Tais como, Plotinus evocou simpatia, saborosos problemas, saudade, carinho e tremor como todos os aspectos do prazer. E ele concluiu com a alegação de que “a lindeza é a mais alta virtude” (Plotinus, Beauty, pp. 129-140).

Platão

A beldade de Platão é uma idéia estética que só poderá ser inteiramente apreciada em um estado de inspiração e obsessão. É a essência de todas as coisas que estão vivas e estão além do escopo do significado humano comum. Como efeito, a graça de Platão é um perfeito que só podes ser alcançado pela imaginação e insight, geralmente com uma proporção moral.

Kant

A graça da crítica de Kant ao julgamento é uma síntese de forma e conteúdo. Requer que o espectador se envolva no procedimento de raciocínio pra apreciar teu valor. O objetivo desta fusão estética é a singularidade.

A teoria de Kant de prazer desinteressado

Nietzsche é especificamente amigável com a visão de Schiller de que a sensacional arte é perfeita pelo motivo de inspira sentimentos de poder e abundância. Ele bem como vê Schopenhauer como romântico, pesquisando redenção através da arte e do conhecimento. Nietzsche bem como é solidário com a visão de Schiller sobre a beleza da forma.

Plotinus

A formosura de Plotinus é um cenário respeitável na filosofia da estética. Ele é creditado pelo desenvolvimento da estética ascensional, que ele extrai da tradição platônica. Essa teoria enfatiza a objetividade da …

Teorias da lindeza

A formosura não é apenas ser uma sensacional aparência. É assim como uma maneira de expressar a criatividade e a identidade de uma pessoa. Esta plataforma de formosura celebra estas qualidades por meio da arte, com artigos sobre isso tudo, desde transformações corporais extremas a mulheres maternas. Alguns posts até discutem como os videogames se tornaram uma forma de sentença. Alguns postagens se concentram em como os artistas executam arte e como a arte influencia a vida das pessoas.

Teorias da formosura

O campo da filosofia tem uma longa história, e as teorias da boniteza não são exceção. Pela Idade Média, filósofos como Agostinho montaram teorias a respeito de graça. Seus argumentos incluíam a ideia de que a beldade é um atributo de Deus e é derivada da simetria e proporção de instrumentos. No período medieval, as teorias da formosura frequentemente ligavam o conhecimento e a beleza.

Uma hipótese descreve a graça como a atualização de um perfeito potencial. Tem amplas implicações normativas, e a formosura é sinônimo de moralidade e bondade.

Relação entre graça e propósito social

Em uma data em que os clientes estão cada vez mais interessados ​​em marcas sustentáveis, os gerentes de marca devem levar em consideração o intuito social ao fazer serviços e produtos. Tais como, os ingredientes orgânicos são frequentemente associados a proveitos ambientais e de saúde. Eles também são capazes de estar associados a um sabor e saúde aprimorados. Um serviço orgânico de limpeza a seco também pode promover a proteção ambiental.

A …

O conceito de beleza

A lindeza é um conceito fundado no arranjo de partes integrais para formar um todo estético. É uma geração ocidental essencial, incorporada em arquitetura clássica e neoclássica, escultura, literatura e música. Segundo Aristóteles, “a beldade é a exibição da ordem no arranjo de partes”.

É um arranjo de partes integrais

O conceito clássico de boniteza é um arranjo de partes integrais que produzem um todo harmonioso. Esta é a concepção essencial da beldade e se reflete pela arquitetura, escultura, literatura e música clássica e neoclássica. A geração clássica de formosura também enfatiza a simetria e a unidade perfeita.

É uma questão de prazeres cultivados ou delicados

Muitos filósofos contemporâneos evitam o tópico da formosura, porque sua frivolidade percebida. Entretanto, alguns argumentam que examinar a lindeza é um estudo valioso, mesmo pra aqueles fora do reino da filosofia. Esses filósofos dizem que a beldade não é frívola, todavia tem usos práticos importantes para os não-filosofistas.

É uma dúvida de uma resposta agradável ou dolorosa a impressões ou idéias

A concepção clássica de formosura é baseada no arranjo de partes integrais em um todo harmonioso. É a primeira geração ocidental de beldade e é incorporada pela arquitetura, escultura, literatura e música clássica e neoclássica. Segundo Aristóteles, a beldade é uma dúvida de ordem na proporção e pela ligação de partes com o todo.

O século XVIII nos trouxe teorias a respeito do motivo da cor. Empiristas britânicos, como John Locke, consideraram a cor como uma resposta subjetiva. Locke alegou que as pessoas …

Teorias de boniteza e o papel da arte

Há um debate em filosofia sobre o que constitui formosura. Alguns acreditam que é subjetivo, no tempo em que outros acreditam que é propósito. Existem teorias sobre a natureza da bondade e o papel da arte no método. Por esse artigo, examinaremos novas das questões envolvidas nas teorias da boniteza e discutiremos o relacionamento entre os 2.

Teorias da beleza

As teorias da graça são as diversas formas de esclarecer a boniteza. Eles diferem na sua abordagem à estética e em suas definições de graça. Aristóteles, por exemplo, citou que a lindeza é um estado de unidade perfeita ou simetria. A geração clássica de beldade enfatiza a simetria como a aparência da harmonia entre as partes. Essa geração é representada pela arquitetura clássica e neoclássica, escultura, literatura e música.

A teoria da beleza de Agostinho enfatizava a unidade, proporção, ordem e igualdade. Ele falou que esses são os elementos da formosura e os apresentou em incalculáveis contextos. A unidade é a apoio pra graça, e é preciso tê -la. Quanto mais harmonioso um objeto é, mais gracioso é.

Objetivo vs subjetivo

A beldade objetiva e subjetiva são 2 dos assuntos mais debatidos pela filosofia. Se bem que a beldade seja um estado emocional, algumas pessoas pensam que podes ser medido com instrumentos científicos. Embora isto não seja inteiramente possível, existem certos aspectos da beldade que são objetivos. Por exemplo, uma pessoa pode achar um rosto atraente, mesmo que ela não tenha um prazeroso sorriso ou um bom nariz.

Pela filosofia, …

O que é beldade?

Segundo Santayana, a beleza é a objetificação do alegria. É o método de julgamento em resposta ao utensílio que nos causa prazer. No entanto, não é sempre que concordamos em como definir a lindeza. Vamos examinar alguns dos conceitos. Objetividade, comércio e interculturalidade são apenas várias dessas categorias.

Objetividade

A objetividade pela formosura é o início de que a beleza podes ser avaliada e julgada objetivamente. Envolve o emprego de contraste e isolamento pra aumentar a maneira visual que podemos olhar e diminuir dicas redundantes. A objetividade na beleza é um processo constante que precisa ser melhorado, da mesma forma o progresso científico requer conjecturas e refinamentos constantes. A objetividade na formosura é uma conclusão lógica do evento de que a formosura é uma maneira de ordem, estrutura e totalidades harmoniosas.

O período moderno inicial marcou uma profunda modificação na classificação da beldade. Os platonistas argumentaram que a graça era uma característica objetiva do mundo, não uma domínio subjetiva e imanente. Eles bem como acreditavam que rotular as coisas como bonitas dependia de isolar as características do mundo intuito de um utensílio. Essa abordagem refletia a tradição científica de classificar as coisas. A tarefa das estetas, deste jeito, era compreender a discernir entre essas divisões e julgá -las.

Política

A universidade de Verão da Política da Formosura reunirá acadêmicos e artistas para averiguar as implicações sociais e políticas da boniteza. Os participantes se envolverão em debates a respeito da seriedade da lindeza em nossas vidas e a natureza em alteração …

Julgamento de estética e beleza

Segundo Santayana, a formosura é uma maneira objetivada de alegria. Julgamos algo tão formoso se isso nos causar prazer. É isto que o torna jeitoso. Este é o início essencial do julgamento da lindeza. Entretanto não é o único princípio. Em novas palavras, existem outros aspectos da boniteza que assim como são respeitáveis. Vejamos alguns deles.

Plotinus

A suposição da graça de Plotinus é baseada na tradição platônica e enfatiza a objetividade da beleza. Todavia, teu sistema assim como reconhece as qualidades transcendentais de ser. Ele argumenta que a alma primeiro entende as belezas mais baixas do mundo sensível e depois sobe pras belezas mais altas.

Augustine tinha trinta e dois anos no momento em que leu Enneads de Plotinus, uma tradução de Marius Victorinus. Ele enviou o trabalho a Ambrose, o bispo de Milão, pra uma consideração mais aprofundada.

Santayana

Santayana é um filósofo e autor que escreveu um livro a respeito de estética, o senso de graça. Foi publicado na primeira vez em 1896 pelos filhos de Charles Scribner e foi fundado nas palestras que Santayana deu pela Escola de Harvard. O livro foi publicado por necessidade, porque Santayana precisava de posse e dinheiro para prosseguir ensinando.

A suposição da beleza de Santayana se concentra no valor da boniteza, que decorre da experiência de um corpo humano humano. Essa experiência é central pra estética. O equipamento serve apenas como um meio secundário para uma experiência de prazer pelo tópico.

Schopenhauer

Schopenhauer distinguiu entre experiências estéticas, fantásticas e sublime. …